As Eleições de 2020 podem ser adiadas ou canceladas em virtude do novo coronavírus?

Esse vírus mudou a forma de vida em todo mundo, não à toa estamos agora em isolamento social, buscando impedir a propagação repentina desse mal…

Por Juacy dos Santos Loura Júnior*

Prever o que pode acontecer neste momento quanto à saúde, política, economia e suas implicações em nosso cotidiano, considerando a tragédia social que assola muitas nações do mundo e o Brasil, em virtude do novo Coronavírus e da doença que ele provoca, o COVID-2019 (SARS-CoV21), considerado como pandemia pela Organização Mundial de Saúde, sem dúvida é por demais açodado.
Esse vírus mudou a forma de vida em todo mundo, não à toa estamos agora em isolamento social, buscando impedir a propagação repentina desse mal e com isso preservar à saúde e a vida das pessoas que queremos bem e que porventura integram o grupo de risco. Apesar deste simplório escrito não ter como desígnio a discussão dos efeitos médicos, sociais ou econômicos, não podemos nos olvidar que
estamos em ano eleitoral, portanto, ainda que dentro de toda essa conturbada situação que se apresenta e que estamos a viver e testemunhar, os questionamentos que se impõe são: as eleições municipais de 2020 poderão ser realizadas? Há espaço para seu adiamento ou mesmo cancelamento? Será que não seria hora de unificar os mandatos para que o Brasil tivesse apenas uma eleição geral? Por qual razão não gastar o dinheiro do Fundo de Financiamento de Campanha Eleitoral – FEFC-, para o combate da
COVID-2019?

Leia a íntegra no site RondoNotícias

Foto: TCM-SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s